Smartphone à Mesa com Etiqueta

Vasco Ribeiro - a Hora da Etiqueta

Sabe-se, muito embora, que as regras da etiqueta à mesa ditam que a utilização do Smartphone à mesa deve ser porquanto evitada no decorrer das refeições;

No entanto, eu permito-me colocar o meu Smartphone à mesa, durante as refeições, do lado direito, isto é, no lado oposto ao guardanapo, evidentemente. A etiqueta deve acompanhar o progresso da sociedade, pois diz-se – e é verdade – que a tão recente e aclamada geração Millennial representa e domina cada vez mais as gerações presentes e futuras. E porque afinal estamos em pleno séc. XXI, é uma tendência mundial para a qual se tem de estar permanentemente atento. Assistimos a um mundo altamente digitalizado e sê-lo-á ainda mais na posteridade;

Não valerá mais a pena manter o Smartphone na mesa e de forma natural e discreta ao invés de demonstrar uma contínua ansiedade por consultar o Smartphone durante toda a refeição devido a assunto de extrema importância, quer seja de natureza pessoal/privada (saúde) e/ou profissional?;

Cada vez mais o Smartphone é um poderoso instrumento de trabalho, ao nível do e-Mail, Facebook, Instagram ou WhatsApp. Até porque estar de restrito acesso ao Smartphone à mesa influencia inconscientemente na menor atenção que dou aos restantes hóspedes convidados, sendo portanto menos cortês;

Mas, por outro lado igualmente válido, por vezes torna- se também interessante o registo do momento para partilha, imediata ou posterior, quer seja no social media quer seja até a nível de status, deixando de ser esse um gesto deselegante;
Enfim, são convictamente notas soltas para refletir e ponderar…